Domingo, 23 de fevereiro de 2020
informe o texto

Notícias | Cultura

Cineastas indígenas levam cultura dos povos do Xingu ao público infanto-juvenil

Por meio de exibição de filmes feitos pelos coletivos indígenas de cinema, os povos xinguanos ofereceram informação de qualidade sobre o seu modo de vida, sua cultura e os desafios socioambientais experimentados no passado e na atualidade

13/12/2019 | 10:01

Funai

Cineastas indígenas levam cultura dos povos do Xingu ao público infanto-juvenil

O evento aconteceu na cidade de Querência

Foto: Coordenação Regional Xingu

Com apoio da Coordenação Geral de Promoção da Cidadania (CGPC/Funai), da Coordenação Regional Xingu e de instituições parceiras, cineastas e lideranças indígenas do Parque do Xingu promoveram a 2ª Mostra de Cinema Indígena do Xingu. O evento aconteceu entre os dias 19 e 21 de novembro, em Querência, Mato Grosso, e contou com ampla participação dos alunos das escolas públicas.

Por meio de exibição de filmes feitos pelos coletivos indígenas de cinema, os povos xinguanos ofereceram informação de qualidade sobre o seu modo de vida, sua cultura e os desafios socioambientais experimentados no passado e na atualidade. A temática dos filmes girou em torno de questões como as relações entre as etnias, o cotidiano e a infância nas aldeias, a cosmologia, a relação com a tecnologia e as mudanças provocadas pelas mudanças climáticas.

O objetivo foi promover o diálogo entre a população do município vizinho e os povos que vivem no Parque Indígena do Xingu, e sensibilizar público não indígena a uma reflexão sobre os temas apresentados. Vanessa Morais Lima, aluna do 9º ano da Escola Estadual 19 de Dezembro diz que gostou de saber mais sobre o que acontece nas aldeias. "Foi uma novidade boa, porque não é sempre que a gente pode ver os índios, me surpreendeu. Eu não sabia dizer com palavras como era o dia a dia numa aldeia indígena. Os índios são bem mais do que a gente imaginava que eles poderiam ser", disse a estudante.

Jair Marrayury Kuikuro, cineasta e organizador do evento se manifestou em nome de todos os realizadores xinguanos: "Sim, vivemos de maneiras diferentes. Nossa cultura é outra. Temos outras crenças, outras festas, outros modos de ser. Precisamos aprender a valorizar essas diferenças, para que possamos viver com respeito e dignidade. Por meio de nossos filmes, queremos levar essa mensagem de diálogo", afirmou.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet