Domingo, 20 de setembro de 2020
informe o texto

Notícias | Política

"DEM tem governador e senador; querer suplência não é razoável" dispara Mauro Mendes

Campos tenta viabilizar composição com Leitão (PSDB), mas Mendes defende Carlos Fávaro

12/09/2020 | 10:40

Mídia News

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes

Foto: Reprodução

O governador Mauro Mendes afirmou que não acha “razoável” o DEM compor uma chapa ao Senado com um suplente, posto que já tem representantes ocupando cargos de peso na política mato-grossense.

Mendes foi questionado se integrar a chapa do pré-candidato Nilson Leitão (PSDB) não seria melhor que apoiar o senador Carlos Fávaro (PSD), que é seu candidato de preferência para disputar a suplementar.

“Essa é a avaliação que DEM vai fazer. Agora, o DEM já tem um governador, presidente da Assembleia Legislativa, um senador, ter uma suplência de Senado a mais não me parece razoável para um partido que quer tanto”, afirmou o governador. 

“A política não tem que ser feita só por um partido, tem que ser feita por vários partidos que representam vários segmentos da sociedade”, completou.

O DEM é considerado um dos partidos mais fortes no Estado, posto que, além do governador, ainda possui em seu quadro o senador Jayme Campos e o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho.

Corrida ao Senado

Nos bastidores, Mendes já anunciou que tem a pretensão de apoio o senador interino Carlos Fávaro. Questionado sobre uma possível “liberação” para o apoio, Mendes nega.

“Não existe essa definição. Muito menos a definição de que vamos coligar com ninguém. Quem define isso é a convenção, que tem 70 pessoas que irão tomar essa decisão”, afirmou.

Os irmãos Jayme e Júlio Campos anunciaram recentemente o apoio à chapa de Nilson Leitão. Na ocasião, o tucano chegou a convidar Júlio Campos para ser o primeiro suplente.

Para isso, os democratas irão colocar em votação durante a convenção a ser realizada no dia 15 de setembro o que seria mais viável: composição com a chapa tucana ou o apoio ao senador interino.

Enquanto a convenção não ocorre, o partido segue rachado.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet