Segunda-feira, 14 de junho de 2021
informe o texto

Notícias | Agro

Em cinco safras, Canarana espera chegar a 350 mil hectares com soja

Apesar dos bons preços, o que anima os produtores a investir na conversão das lavouras, o processo só não ocorre mais rapidamente porque pecuária ainda é forte no município

27/04/2021 | 07:52

AGR Notícias

Em cinco safras, Canarana espera chegar a 350 mil hectares com soja

Plantio de soja

Foto: Reprodução

Conhecido em todo o estado de Mato Grosso como um dos municípios que mais possui áreas de pastagens para serem convertidas em lavouras, a Secretaria Municipal de Agricultura de Canarana-MT (Seagri) fez uma projeção de aumento de área plantada de soja para as próximas cinco safras.

No ciclo 2015/16, o município plantava 235 mil hectares com soja, saltando para 275 em 2020/21, um crescimento superior a 17% em seis safras. Porém, com os preços da soja e do milho atrativos no mercado internacional, o crescimento deve ser ainda maior nos próximos cinco anos.

Conforme o secretário da Seagri, Cleyton Dias de Souza, Canarana tem quase um terço de sua área aberta em pastagens. Dos mais de 400 mil hectares entre lavoura e pastagens, 275 mil já são de lavouras e 132 mil hectares ainda permanecem destinados à pecuária. “Além disso, nós ainda temos muitas áreas de mata em Canarana que podem ser derrubadas legalmente”, disse Cleyton.

Diante desses números, espera-se um crescimento de pelo menos 27% das áreas de lavouras até a safra 2025/26, chegando a 350 mil hectares com soja. “Acreditamos que a área para a próxima safra em Canarana vai ficar superior a 280 mil hectares. Só em uma fazenda, que já sabemos, o aumento vai ser de cinco mil”, disse o secretário.

Apesar dos bons preços, o que anima os produtores a investir na conversão das lavouras, o processo só não ocorre mais rapidamente porque pecuária ainda é forte no município. “Canarana tem terras arenosas e, como a pecuária também está com bons preços, alguns produtores ainda preferem manter o gado nas terras mais arenosas, o que é menos ariscado”, complementa Cleyton.

Conforme dados da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), com base no ano de 2020, somente Sorriso planta mais de 400 mil hectares com soja em Mato Grosso, estando disparada na liderança com 590 mil. Na sequência, entre a segunda e a sétima posição, as áreas ficam entre 345 e 396 mil, mas se concentram em municípios sem novas áreas para serem convertidas em lavouras.

Quando atingir 350 mil hectares, Canarana se consolidará entre os oito maiores produtores de soja do Mato Grosso, posição que já ocupa atualmente, porém um pouco distante do pelotão da frente.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet