Domingo, 28 de novembro de 2021
informe o texto

Notícias | Mato Grosso

Funai promove III Encontro de Mulheres Xavante em Marãiwatsédé

O encontro ocorreu entre os dias 18 e 23 de outubro

20/11/2021 | 09:30

Redação Olhar Alerta

Funai promove III Encontro de Mulheres Xavante em Marãiwatsédé

Foto: Lídia Lacerda/Funai

A Fundação Nacional do Índio (Funai) promoveu o III Encontro de Mulheres Indígenas Xavante da Terra Indígena, no Mato Grosso. O evento teve o objetivo de promover práticas tradicionais e transmissão de conhecimento geracional, bem como discutir temas de cidadania e acesso às políticas públicas que envolvem participação social das mulheres Xavante.

O encontro ocorreu entre os dias 18 e 23 de outubro e foi realizado na aldeia Maraiwatsede, localizada na Terra Indígena de mesmo nome, com 70 mulheres representantes de todas as aldeias da região. A transmissão das práticas e saberes tradicionais da cultura Xavante se concretizaram por meio das atividades de coleta de palha de buriti, corte de cabelo e danças tradicionais, banho medicinal nos bebês, troca de sementes e plantas e confecção de baquité, cesto típico utilizado pelas mulheres para as tarefas cotidianas e transportar crianças.


A iniciativa do encontro partiu de uma reivindicação das próprias indígenas e foi desenvolvida pela Funai, por meio da Coordenação Regional de Ribeirão Cascalheira, unidade descentralizada da Funai em Mato Grosso, e da Coordenação de Gênero, Assuntos Geracionais e Participação Social (Cogen), em parceria com o Distrito Sanitário Especial Indígena de Barra do Garças (MT).


A Cogen é vinculada à Coordenação-Geral de Promoção da Cidadania (CGPC) da Funai e atua com o propósito de apoiar as mulheres indígenas nos processos de transmissão de conhecimento, construção de saberes, fortalecimento do papel das mulheres nos espaços internos das aldeias e nos espaços externo no âmbito estatal e da sociedade envolvente. A Cogen também atua no combate à violência doméstica, discriminação étnica e outros temas. Dessa forma, pretende-se viabilizar espaços de diálogos e fomentar a participação das mulheres na formulação de políticas que atendam as especificidades étnicas.


Ao final do encontro, as demandas apresentadas foram recebidas pela Funai para serem encaminhadas às instituições governamentais responsáveis e também para subsidiar as próximas reuniões. O encontro deu continuidade às outras duas edições do evento, ocorridas entre 2016 e 2018, os quais trataram de práticas culturais como confecção de artesanato e alimentação tradicional.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet