Quinta-feira, 20 de janeiro de 2022
informe o texto

Notícias | Política

Municípes de Santa Cruz do Xingu criticam prefeita por aumentar o IPTU; decisão não foi aprovada pela Câmara

Decreto foi divulgado no dia 20 de dezembro

28/12/2021 | 10:45

Redação Olhar Alerta com Lucas Gawenda

Municípes de Santa Cruz do Xingu criticam prefeita por aumentar o IPTU; decisão não foi aprovada pela Câmara

Foto: Reprodução

A prefeita de Santa Cruz do Xingu publicou – através do Decreto Municipal – no dia 20 de dezembro, o aumento do Imposto sobre Propriedade Territorial Urbana (IPTU). O documento, que dispõe sobre valores de planta genérica de imóveis urbanos e rurais para base de cálculo dos tributos municipais, foi duramente criticado pelos cidadãos santa-cruzenses-do-xingu.
 
O decreto alega que o reajuste do INPC (de 24,44%) está com reajuste acumulado desde 2018, e cria uma comissão formada para avaliar a valorização dos imóveis.
 
O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) é um índice que mede a variação de preços para o consumidor na economia brasileira. Este índice de inflação é medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e muito usado como referência em ajustes salariais.
 
O ponto mais levantado pelos moradores nas redes sociais é o fato que o Decreto não passou por discussão (e aprovação) na Câmara de Vereadores do município.
 
Novos valores
As áreas de zona rural agora contam com um valor fixo de R$ 10.387,12 por hectare, por ano.
 
Já na zona urbana, o valor é cobrado por metro quadrado de acordo com o bairro - além da cobrança de metro quadrado construído.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet