Segunda-feira, 8 de agosto de 2022
informe o texto

Notícias | Eleições

Mendes: "Meu debate não será com adversários, mas com o eleitor"

Governador afirmou que segundo mandato servirá para avançar em saúde, educação e infraestrutura

06/08/2022 | 08:16

Mídia News

Mendes:

A convenção estadual do União Brasil, que homologou a candidatura de Mauro Mendes

Foto: Reprodução

O governador Mauro Mendes (União Brasil) oficializou sua candidatura à reeleição, no início da noite desta sexta-feira (5), e afirmou que seu debate na campanha não será contra adversários, mas com o eleitor.  

A declaração foi dada no momento em que ele chegava para a convenção do União Brasil e foi questionado sobre as críticas feitas pela primeira-dama de Cuiabá Marcia Pinheiro (PV), que é candidata ao Governo e vai enfrentá-lo nas urnas. 

“Eu terei vários adversários, parece que tem três ou quatro candidatos. Meu debate não é com os adversários, meu debate é para convencer o eleitor, convencer o cidadão, daquilo que fizemos e daquilo que poderemos continuar fazendo nos próximos quatro anos”, afirmou. 

“Você não queria que os quatro candidatos que estão aí começassem a campanha me elogiando. Porque aí não seriam candidatos. Eu tenho muita convicção que meu debate não é com os candidatos, mas com o eleitor. É para ele que vou me dirigir, para as pessoas de bem, falar com o cidadão. E nós temos muita consciência daquilo que fizemos”, acrescentou.  

O governador foi questionado pelos jornalistas por que decidiu concorrer à reeleição. Mendes citou as entregas feitas nos últimos três anos e meio. 

“Queremos fazer com que nossos seis hospitais iniciados possam ser concluídos nos próximos quatro anos. Queremos ir para reeleição para que a nossa infraestrutura continue melhorando, que nossa educação melhore com obras e ações. Quero continuar como governador porque tenho certeza que vamos construir 40 mil casas populares nos próximos quatro anos”, disse.  

“Vamos trabalhar para viabilizar isso. Colocamos Mato Grosso no rumo correto e é hora de acelerar e fazer com que esse Estado cada vez mais dê orgulho a todos nos”, afirmou. 

Senado 

Mendes falou ainda sobre a definição em apoiar à candidatura do senador Wellington Fagundes (PL) à reeleição, tendo o ex-secretário da Casa Civil Mauro Carvalho como primeiro suplente. 

Conforme o governador, até a noite de quinta-feira (4) ainda havia a possibilidade de palanque aberto também para a médica Natasha Slhessarenko, o que não foi possível. Ele negou que tenha se frustado em não poder ter a candidata ao seu lado. 

“Muito pelo contrário, eu tinha isso como alternativa. Mas meu foco não é o Senado, é Governo de Mato Grosso. Claro que a partir de agora, que eu faço coligação com Wellington, todos os dias vou trabalhar para minha candidatura, mas vou trabalhar também com a candidatura de Wellington e Mauro Carvalho”, disse.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet