Sexta-feira, 1 de março de 2024
informe o texto

Notícias | Polícia

Um dos criminosos mais procurados do Brasil, suspeito de participar de assalto em Confresa, é preso em SP

Investigações indicam que Dako tinha ligações com o PCC e envolvimento em ações de "domínio de cidades"

09/02/2024 | 08:20

Estadão Conteúdo

Um dos criminosos mais procurados do Brasil, suspeito de participar de assalto em Confresa, é preso em SP

Foto: Reprodução

Um criminoso que figurava na lista dos mais procurados do país do governo federal foi preso hoje de manhã em uma casa de luxo em Valinhos (SP).

Jakson Oliveira Santos, o Dako, 44, era monitorado há cerca de seis meses pelas forças de segurança. Ele foi capturado em uma força-tarefa envolvendo o Ministério Público e a Polícia Militar de São Paulo. Dako não esboçou reação e se entregou às autoridades, segundo apurou o UOL. Peritos da Polícia Federal também participaram da ação. A reportagem não localizou a defesa dele.

Investigações indicam que Dako tinha ligações com o PCC e envolvimento em ações de "domínio de cidades". Ele participou de ataques planejados para invadir municípios, render as forças de segurança e roubar instituições financeiras e já foi condenado a cinco anos e três meses de prisão por associação para o tráfico.

Os agentes apreenderam roupa de camuflagem para áreas de mata, luneta, pistola e equipamentos usados em fuzis na casa de luxo onde ele estava. O material é compatível ao usado por quadrilhas especializadas em mega-assaltos, como ações de "domínio de cidades" e "novo cangaço".

Também foram apreendidos documentos falsos e radiotransmissores. A Polícia Federal coletou material genético no local.

Mega-assaltos e ataque do PCC

Dako é investigado por suspeita de participação em um mega-assalto em Araçatuba (SP), em agosto de 2021. Na ocasião, criminosos armados com fuzis explodiram caixas eletrônicos, usaram reféns como escudos humanos, espalharam explosivos, incendiaram veículos e ainda usaram drones para monitorar a ação. O alvo era uma agência com R$ 90 milhões em cédulas.

Ele também é suspeito de participar do mega-assalto em Confresa (MT), em abril de 2023. Após o ataque, os criminosos fugiram para uma área de mata no Tocantins, dando início a uma caçada organizada pelas forças de segurança, que deixou ao menos 15 suspeitos mortos.

Dako ainda é apontado pelas forças de segurança como suspeito de participar dos ataques orquestrados pelo PCC em 2006.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet